Home SP VegViagens Viajante vegano, como se planejar?

Viajante vegano, como se planejar?

Dicas para se planejar sendo um viajante vegano e não passar perrengue

Não sei vocês, mas eu amo viajar e gosto de pesquisar bastante sobre o destino antes de ir. Pesquiso sobre a cultura e gastronomia local, melhor localização para se hospedar, passeios e por aí vai.  Desde que me tornei vegana, essa busca passou a incluir mais um item; hospedagens e restaurantes que sejam ou ofereçam opções veganas. Sou uma amante de café da manhã, de hotel então, nem se fala e é por esse motivo que também coloco na minha pesquisa, hospedagens que oferecem opções veganas.

Bom, e como eu faço essa pesquisa? Tenho algumas estratégias e vou compartilhá-las aqui. Espero que ajude no planejamento das suas próximas viagens; e se você faz diferente, coloca aqui nos comentários para ajudar mais veganos a planejarem suas viagens.

1- Busca no Google por “veganos em Nome da Cidade”

Aqui é uma busca bem geral e vai aparecer tudo relacionado ao veganismo que tem naquele lugar; restaurante, atividades, hospedagens, eventos e empórios. Nesse momento também podem aparecer blogs, canais de Youtube e perfis do Instagram, veganos ou não, dando dicas do local e aqui é um gancho bem legal. Conforme você vai entrando nesses canais e pesquisando, o algoritmo de todas essas redes vai te alimentando e quando você vê, está munido de diversas informações. Foi dessa forma que achei diversas opções legais de hospedagem e restaurante para uma viagem que farei em breve.

2- HappyCow

O aplicativo mostra restaurantes, delivery, empórios veganos ou que possuem opção vegana naquela cidade. 

3- Perfis veganos no Instagram

Entrar nos perfis veganos que você já segue no Instagram e buscar nos destaques se a pessoa já foi para esse destino. Se sim, com certeza ela deixou dicas de restaurantes ou até mesmo hospedagem. Como amo viajar e comer, normalmente já guardo quando vejo quem foi para onde, então, na hora de planejar a viagem, é só dar aquela acessada na memória, ir no perfil da pessoa e pegar as dicas!

4- Tripadvisor

Não é o meu método preferido, pois no quesito veganismo, acho que ele deixa a desejar. Muitas das vezes que utilizei, me sugeriu restaurantes que nem opções veganas tinham, mas não é de se descartar. Apenas sugiro que confiram se as sugestões são ou possuem opções veganas antes de ir ao restaurante.

Outra dica que recebi da minha nutri na minha primeira viagem solo, já sendo vegana, é ter sempre em mãos uma pasta de amendoim, snack de alguma leguminosa (grão de bico, feijão moyashi), barrinha de proteína, nuts e até mesmo porções individuais de proteína vegetal em pó. Dessa forma, você consegue complementar sua ingestão diária de proteínas, caso vá para algum destino que não encontre muitas opções.

Durante sua viagem, também é importante ficar atento com os passeios que realizará. Alguns destinos contam com passeios que envolvem maus-tratos e/ou exploração animal, como passeios em charretes puxadas por cavalos ou jumentos, passeios em camelos e até mesmo tirar foto com animais silvestres que são mantidos em cativeiro.

Espero que estas dicas tenham te ajudado. Agora, se você não quer ter nenhuma preocupação no planejamento de sua viagem, existem agências que já oferecem pacotes prontos para viagens veganas e nesse caso, você não precisará se preocupar com hospedagem, alimentação e passeios. Sua única “preocupação” será desfrutar todos os momentos maravilhosos que a viagem irá te proporcionar. 

E que tal ter essa experiência junto com a SPVeg no feriado da Páscoa?! A SPVeg, em parceria com a Namastê Natureza, está organizando uma viagem incrível para o Legado das Águas, uma reserva que compõe o maior corredor ecológico de Mata Atlântica do país. Ela ocorrerá entre os dias 29 e 31/03 e contará com trilhas, banhos em piscinas naturais, canoagem e paisagens incríveis! Se eu fosse você, não perderia essa oportunidade!

Para maiores informações, clique aqui. 

Leia Também

You may also like

Deixe um Comentário