Home Veg News Veganuary chegou ao fim, mas que tal manter o veganismo?

Veganuary chegou ao fim, mas que tal manter o veganismo?

Como continuar com uma alimentação vegana? Vamos te ajudar!

Nós sabemos que os primeiros passos não são fáceis e que este primeiro mês foi desafiador, mas estamos aqui para lembrá-lo dos motivos que provavelmente te fizeram iniciar esta jornada e ajudá-lo a seguir neste caminho incrível que é o veganismo!
A maioria das pessoas se torna vegana por um desses 3 motivos: pelos Animais, pela Saúde ou pelo Meio Ambiente e conforme vivenciamos e estudamos mais sobre o veganismo, acabamos enxergando e entendendo que tudo está relacionado e que todos são ótimos motivos para iniciar esta mudança na sua vida!

Diversos documentários disponíveis nas plataformas de streaming mostram como a indústria da carne, ovos e laticínios funciona e o quanto os animais sofrem antes de chegarem aos pratos de bilhões de pessoas. Eu recomendo Cowspiracy, Seaspiracy e Os Órfãos do leite.

No quesito saúde, os seguintes documentários mostram não só os benefícios de uma alimentação vegana como os malefícios de uma alimentação baseada em carne, ovos e laticínios e que é possível sim criar e manter músculos apenas com proteínas vegetais! São eles: The Game Changers (Dieta de Gladiadores), What the Health, Você é o que você come: As dietas dos gêmeos e Como viver até os 100: O segredo das zonas azuis.

Nesses mesmos documentários são demonstrados dados de como a indústria da carne, ovos e laticínios impactam no meio ambiente e mudanças climáticas e como uma alimentação baseada em plantas pode auxiliar na regeneração e manutenção da saúde do nosso planeta!

E na rotina do dia a dia, como implementar refeições veganas de uma forma prática? Se você participou do Veganuary, recebeu diversas receitas deliciosas e dicas práticas para te auxiliar nesta jornada! Vegana há quase 4 anos e taurina faminta que sou, desenvolvi alguns hábitos para facilitar minha vida na cozinha e um deles foi preparar minhas comidinhas no domingo (ou pelo menos tentar), o que, vai por mim, é uma mão na roda! Vou deixar aqui algumas dicas para as principais refeições:

  • Café da manhã
    •  Pastinhas de grão de bico, ervilha, semente de girassol e tofu mexido para comer com tapioca, pãezinhos e torradas
    • Salada de Frutas (já deixar picadinho para a semana)
    • Smoothie de frutas com leite vegetal
    • Overnight oat (preparar para 3 dias)
  • Almoço/Jantar:  
    • Leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico, ervilha) 
    • Arroz (branco, integral, vermelho, negro), macarrão, quinoa, cuscuz
    • Mix de vários legumes ao forno
    • Verduras (couve, espinafre, escarola, catalônia) refogadas
    • Folhas já lavadas e legumes já ralados/cortados para só montar a salada na hora de comer
    • Utilizar vegetais congelados, como ervilha e edamame
  • Lanches:
    • Torta e bolos (cortar em pedaços e congelar para ter sempre fácil)
    • Sanduíche de pastinhas ou tofu
    • Salada de Frutas
    • Nuts (amendoim, castanha de caju, castanha do pará, nozes, amêndoas)
    • Overnight oat

 

Não sou muito dos industrializados, mas caso você seja, eles também podem ser aliados na hora da correria. Hoje em dia temos muitas opções de barrinhas proteicas, bebidas à base de leite vegetal, hambúrgueres, salsichas, queijos, nuggets, chocolates, entre outros. Além de serem aliados na praticidade, também podem ser ótimos para este período de transição em que sentimos falta de alguns alimentos de origem animal. 

Para finalizar, algumas dicas importantes para seguir nesta jornada, muitas vezes, solitária no início: Comece a acompanhar conteúdos sobre veganismo, frequente restaurantes e feiras veganas e conecte-se com pessoas alinhadas aos seus princípios!

Por aqui, estamos sempre trazendo conteúdos para auxiliar veganos e não veganos a aprenderem sobre o assunto, conhecerem os benefícios do veganismo e mostrando o quão delicioso é ser vegano com dicas de receitas, restaurantes, eventos e novos lugares para conhecer!

Leia Também

You may also like

Deixe um Comentário